MAPA DO SÍTIO ACESSIBILIDADE CONTRASTE: FONTE:

Neste último sábado, dia 24, ocorreu a 3ª Feira de Ciências da Escola Estadual Padre Vidigal. O evento teve a exposição de trabalhos dos alunos como maquetes da reforma da Ponte Benedito Valadares, da própria escola Estadual Padre Vidigal, das salas de aula e outras. Houveram trabalhos sobre a prestação de socorros, além de projetos relacionados aos conteúdos de Matemática e de Geografia Artes e Literatura. Este foi apenas uma das ações que ocorreram nessa semana.

A experiência de se participar de uma feira de ciências, para os alunos, pode ser muito intensa e envolve uma série de desafios, que vão desde a formulação do projeto até a dificuldade encontrada para elaboração do mesmo

A feira também é entendida como uma oportunidade de trazer as famílias para o ambiente escolar. Fortalece a parceria e se compartilha a satisfação em relação ao desempenho dos alunos. Todo resultado só é positivo se houver envolvimento de ambas as partes. Quando o aluno realiza os experimentos, ele põe em prática seus conhecimentos com fundamento e maior significado. Ele aprende resolvendo problemas, buscando soluções. É um trabalho em equipe. A interdependência exigida até que tudo se realize prepara os estudantes para os desafios que vai enfrentar na universidade, no mercado de trabalho, na vida adulta.

Foto 03 – Maquete da Ponte Benedito Valadares

 

Foto 04 – Maquete da Escola Estadual Padre Vidigal.

 

A Semana de Educação para Vida faz parte do Calendário Escolar da Secretaria de Educação de MG e tem como objetivo discutir e trabalhar matérias que não constam obrigatoriamente no currículo como Temas Transversais tais como: meio ambiente, sexualidade, pluralidade cultural, saúde, ética e trabalho e consumo. Além disso, as matérias serão ministradas sob a forma de seminários, palestras, exposições, visitas e ou vídeos-filmes. O presente projeto será desenvolvido com a finalidade de fazer cumprir a lei, onde os alunos e toda equipe escolar terão a oportunidade de discutir e socializar os temas transversais que até então no dia a dia em sala de aula não são trabalhados com frequência.

A Semana de Educação para a Vida tem como objetivo discutir e trabalhar matérias que não constam obrigatoriamente no currículo como Temas Transversais tais como: meio ambiente, sexualidade, pluralidade cultural, saúde, ética e trabalho e consumo. Além disso, as matérias serão ministradas sob a forma de seminários, palestras, exposições, visitas, vídeos-filmes, etc.

Cronograma  da Escola Estadual Louis Ench

DATA

PALESTRA/ ASSUNTO/ TURMAS/TURNO/ HORÁRIO

19

Higiene bucal com os dentistas Giorgio e Cristina Suzuki – 6º ao 9°, ensino Integral e Telessala – turnos matutino e vespertino   - 08 às 09 e 14 às 15h.

20

Auto cuidado: Aparecida( Cida do Posto) – turmas 701 e 702 – 8h

21

Educação no Trânsito – Aparecida – manhâ 09:45 – Educação Integral/Integrada / tarde turma 601, 602 e 603 – 15:50h

22

Meio Ambiente – Helen – turmas de 6º ao 9º ano, Integral  e Telessala – 08 e 14 horas

23

Organização da III Feira de Ciências.

Palestra Dr. Rodrigo.

Painel feito pela Telessala.

Receita da felicidade. 

Painel decorando a escola.

 

 

A partir de parceria com profissionais liberais, a Rede de Ensino – Doctum e a Escola de Pais – Seccional João Monlevade, foram realizadas palestras e oficinas com os seguintes temas: Família, Direitos Humanos, Ações Afirmativas e Oficinas de resolução de Problemas.
A participação e envolvimento da comunidade escolar foram significativos e as atividades promovidas enriqueceram o trabalho escolar.

Foto 01 – Orientadora Educacional Maria José e palestrante Roberto Gonçalves da Escola de Pais do Brasil – Seccional João Monlevade com o tema “Somos família, uma escola de vida e amor”. Foto: Diretor Alexsandro.

Foto 02 – Professor Walter Veloso / Doctum, com a palestra “Direitos Humanos e Fundamentais: um olhar sobre a dignidade humana”.

Foto: Valéria

Foto 03: A CENIBRA apresentou a Campanha de Saúde e Valores Humanos. Em um primeiro momento houve dinâmica em grupo com 20 alunos do ensino fundamental, com os temas gravidez na adolescência e bullying. Em seguida, apresentação teatral abordando os relevantes assuntos: Gravidez na Adolescência, Violência Doméstica, Abuso sexual, Bullying, Dengue, Febre Amarela, Violência ao Idoso e Drogas. Para finalizar houve sorteio de prêmios para os estudantes. Foto: Pedro Henrique.

PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA

“É fundamental diminuir a distância entre o que se diz e o que se faz, de tal forma que, num dado momento, a tua fala seja a tua prática.”

Paulo Freire

O dia 20 de novembro foi marcado por inúmeras atividades de reflexão e conscientização sobre a importância da cultura negra na formação social, histórica e cultural de nosso país. Teatro, rodas de conversa, exposição e degustação de comidas típicas, além de apresentação de banda de música formadas pelos alunos. Atividades que nos fazem ampliar o olhar para além do negro escravo e reconhecer o seu valor em segmentos como literatura, música, artes cênicas, ciências, política, religião. Parafraseando Mandela, “acreditamos que a educação seja a arma mais poderosa que podemos usar para mudar o mundo.”

Pensando na escola como agente de transformação, as atividades desenvolvidas buscaram fortalecer o respeito à diversidade e cidadania. Com a culminância desse projeto, nossos alunos mostraram que são capazes de se posicionar de forma crítica, compreendendo, valorizando e principalmente respeitando as diferenças. Sabemos que um dia é pouco para se falar de uma vida, de uma história, da valorização de uma raça, no entanto, atividades como essas significam um grande passo para a melhoria do mundo, de nós mesmos e de nosso semelhante.

Texto Maria Adriana Moreira Viana – Especialista da Educação Escola Estadual Major Lage.

 

Culminância do Projeto Consciência Negra com exposição de comidas típicas - alunos do 6º ano, da professora de Português Júnia Valéria.

Culminância do projeto Consciência Negra com apresentação dos alunos do 8º ano da professora de História, Flávia Beatriz.

Cartaz confeccionado pela aluna Lorena Oliveira Brito 8º ano.

Cartaz confeccionado pela aluna Geovanna Nunes Martins – 8º ano.

 

 

A Escola Estadual Padre Oswaldo de Podestá iniciou sua Semana da Educação para a Vida com uma ação educativa voltada à solidariedade, através de um “varal solidário”, com doações realizadas pela equipe docente em prol dos alunos da escola.

A proposta para o dia da Consciência Negra, além de discussões em sala sobre as relações étnico raciais entre alunos e professores de História, contou também com um trabalho coletivo e interdisciplinar para a confecção de cartazes que ornamentassem o desfile realizado com os alunos pela melhor apresentação e caracterização da cultura afro-brasileira.

 A apresentação teatral da crônica “A última falsa” do escritor Fernando Sabino também fez parte da Semana, como uma das etapas de finalização do Projeto “Encontro Marcado com Fernando Sabino” desenvolvido na escola.

Também em uma prática educativa voltada à formação humana, no resgate de valores e na maior integração escolar, foi realizada, no dia 22/11, a celebração pelo Dia de Ação de Graças, com momento de partilha entre alunos e professores.

Em parceria com a Cenibra, houve ainda, durante a Semana da Educação para a Vida, um trabalho com alunos e teatro realizado por funcionários da empresa, abordando os temas “drogas e sexualidade”.

Finalizando a Semana da Educação para a Vida, foram expostos trabalhos desenvolvidos pelos alunos sob a coordenação dos professores de Ciências, com a participação ativa dos professores das demais áreas de conhecimento.

CRONOGRAMA DA “SEMANA DA EDUCAÇÃO PARA A VIDA”

19/11: VARAL SOLIDÁRIO: Uma formação humana e social dos sujeitos educativos.

20/11: Discussão, confecção de murais e realização de desfile pelo Dia Nacional da Consciência Negra.

21/11: Após avaliação do Simave apresentação, pelos alunos do 9º ano, do teatro  “A Última Falsa”, do escritor Fernando Sabino, como parte da finalização do Projeto “Encontro Marcado com Fernando Sabino” desenvolvido na escola.

22/11: Celebração do Dia de Ação de Graças, tendo como fechamento o ato da Partilha.

23/11: Palestra e teatro, em parceria com a Cenibra, abordando os temas: drogas, sexualidade.

24/11: Fechamento da semana com a Feira de Ciências.

A SEMANA DA EDUCAÇÃO PARA A VIDA NA E. E. PADRE OSWALDO DE PODESTÁ FOI MUITO PRODUTIVA!

AS ATIVIDADES FORAM BEM DIVERSIFICADAS, CONTANDO COM A PLENA PARTICIPAÇÃO DE TODA A EQUIPE PEDAGÓGICA!

 

Alunos do 8ºano e da Telessala participando da escolha de roupas no “Varal solidário”. Foto tirada pela Especialista Aderlaine.

Alunos participantes do Desfile “Cultura afro-brasileira” (Turno matutino): Da esquerda para a direita: Tharick (810); Diego (707); Lorraine (808); Paola (809); Ismael (810) e Stéfane (916). Foto tirada pela professora Sheila (Ed. Física). Alunos do 9º ano (Turma 916) apresentando o teatro “A última falsa”, do escritor Fernando Sabino, como parte do Projeto “Encontro Marcado com Fernando Sabino” desenvolvido na escola. Fotos tiradas pela especialista Aderlaine. Alunos do turno matutino participando, junto aos demais funcionários da escola, da celebração pelo Dia de Ação de Graças. Foto tirada pela vice-diretora Lourdes. Momento de partilha, após celebração da Ação de Graças, da Turma Telessala junto à professora Sirléia. (Turno matutino). Foto tirada pela professora Sirléia.

Teatro da equipe da Cenibra abordando temas importantes para os alunos como drogas e sexualidade.

Foto tirada pela professora Aparecida (Matemática).

Maquetes realizadas pelos alunos do 6º e 7º anos do turno matutino, no trabalho sobre biomas do Brasil, sob coordenação da professora Adriana. Foto tirada pela professora Sirléia (Telessala)

Alunos do 6º ano (Vespertino) que desenvolveram trabalhos sobre Reciclagem de lixo. Fotos tiradas pela professora Jaqueline (Ciências). Alunas do 8º ano (Turma 809 – Matutino) com trabalho sobre doenças sexualmente transmissíveis, sob coordenação da professora Jaqueline. Foto tirada pela vice-diretora Lourdes. Alunos do 9º ano  (Matutino) com trabalho sobre Reações Químicas, sob coordenação da professora Jaqueline. Foto tirada pela vice-diretora Lourdes.        

 

 

SRE Nova Era
Rua Carlos Augusto Felipe, 71 - Serra
Nova Era/MG - 35920-000
sre.novaera.gab@educacao.mg.gov.br